Vereador Cabo Zanola e diretoria da Ascobom se reúnem com ministro do STF em defesa do direito de expressão dos militares

O diretor jurídico da ASCOBOM Sgt Ricardo Alcamiro e o vereador Cabo Zanola, autor da ADPF 475 em tramitação no Supremo Tribunal Federal, estiveram em Brasília nesta quarta-feira (20) reunidos com o ministro do STF Dias Toffoli.

A reunião também contou com a presença da deputada federal Dâmina Pereira e Dr. Carlos Alberto Pereira, presidente estadual do PSL.

A ADPF 475 também conhecida como ADPF subtenente Marinho, trata de uma ação que combate a violação da liberdade de expressão dos militares, que é covardemente fundamentada pelo artigo 166 do Código Penal Militar.

Na reunião, o parlamentar da cidade de São João del-Rei/MG, mostrou ao ministro a dura realidade sofrida por militares penalizados com precisão de sanções, que vão de repreensões até privação de liberdade.

O vereador destacou ao ministro do Supremo a necessidade da ADPF ser analisada com toda importância que lhe é devida, tendo em vista que essa arguição não pretende quebrar a hierarquia e disciplina, mas poderá mudar a vida de todos os militares do país. E sustentou ainda que a Constituição Federal hostiliza de forma veemente qualquer tentativa do Estado em mitigar o direito de expressão de qualquer cidadão, e por tal razão, lançou a campanha MILITAR TAMBÉM É CIDADÃO. Não a lei da mordaça!

Acesse a página oficial da campanha no facebook.com/naoaleidamordacanocpm